Assimetria da Face: saiba como identificar e corrigir o problema - Clínica Simone Prada

Assimetria da Face: saiba como identificar e corrigir o problema

Quando você se olha no espelho, percebe que seus olhos têm diferença de altura no rosto? Ao sorrir, seu lábio sobe mais de um lado do que do outro? E, ao colocar os óculos, ele não se encaixa perfeitamente e você percebe uma diferença de altura entre olhos e orelhas?

Essas situações são apenas alguns exemplos de casos de Assimetria da Face (ou Assimetria Facial), uma característica humana muito comum, já que são raros os indivíduos que possuem uma condição perfeita de simetria no rosto.

No entanto, a assimetria facial pode se tornar um problema quando existe uma desarmonia muito perceptível. Essas diferenças, encontradas entre um lado e outro do rosto, resultam em um impacto significativo na autoestima da pessoa, fazendo sentir que sua beleza está sendo prejudicada pela assimetria da boca, nariz e do sorriso, já que normalmente os dentes ficam desalinhados.

Mais do que uma questão estética da face, dependendo do grau da assimetria, ela pode interferir na respiração correta e na mastigação, decorrente dos dentes que podem até não parecer tortos, mas encostam de um lado primeiro que o outro, quando o paciente fecha a boca. Essa condição também causa outros problemas, uma vez que desarmoniza as funções da boca e pode se ligar à dor crônica, miofacial e fibromialgia.

Segundo a Dra. Simone Prada, diretora da clínica Simone Prada Odontologia, quando a mordida é assimétrica, algumas articulações ficam sobrecarregadas, trabalhando fora da sua posição adequada e isso acarreta dor. “É como se tivéssemos uma pequena pedra no sapato ao andar. Com o tempo, o desconforto, que era pequeno, vai aumentando e se torna crônico e doloroso”, destaca a especialista.

Como é feito o diagnóstico e qual o papel do dentista

O dentista é o profissional indicado para avaliar o grau de assimetria facial.
Na primeira consulta, é feita uma anamnese para analisar as principais queixas do paciente. Depois, com alguns exames clínicos e radiológicos, é possível determinar o grau da assimetria, se é o tecido mole do rosto que está causando a anomalia ou se é o osso, e o melhor procedimento para reduzi-la.

O diagnóstico é indispensável e, por meio dele, se conclui se o problema é patológico, traumático ou genético. Identificada a causa, o tratamento deve, prioritariamente, focar a saúde do paciente, com um resultado estético harmonioso. Para tanto, pode-se utilizar técnicas da ortodontia, associadas a resinas estéticas, facetas, próteses removíveis, implantes, dentaduras presas por implantes e tradicionais e placas de mordida para dormir.

De acordo com a Dra. Simone Prada, grande parte dos casos de assimetria pode ser corrigido com ortodontia, sem a necessidade de cirurgia. “Nas pessoas com assimetria facial leve, onde não há funcionamento incorreto dos ossos, mas existem dentes apinhados ou desalinhados, os aparelhos ortodônticos são essenciais para a correção da mordida. Em outros, pode-se fazer necessária uma complementação com facetas, por exemplo”, ressalta a dentista.

Esses e outros procedimentos não invasivos podem minimizar ou até mesmo corrigir a assimetria, proporcionando uma perfeita harmonia no rosto. “Quando as técnicas restauradoras se juntam aos desejos e necessidades do paciente, os resultados estéticos e de saúde são alcançados de forma eficaz e segura, fortalecendo sua autoestima”, conclui.

Abaixo, dois exemplos da clínica Simone Prada: a paciente Katia Kawasaki, que exibe um sorriso mais harmônico, após o uso de aparelho ortodôntico. O tratamento corrigiu a projeção do queixo, resultando a estética facial que ela desejava, sem intervenção cirúrgica.

 

 

 

 

 

Já o paciente Walmir sofria com mordida invertida. Com um trabalho de ortodontia, ajustou-se um pouco para trás os dentes inferiores, corrigindo a mordida. O tratamento foi finalizado com a colocação de facetas.

Se você se sente incomodado com algum grau de Assimetria da Face, ou sofre com dores crônicas no rosto ou cabeça, não hesite em procurar um dentista!

Siga nosso perfil no IG https://tinyurl.com/yyal26c4

Todos os artigos contidos nesse blog têm finalidade instrutiva, não podendo, sob nenhuma hipótese, substituir uma consulta. Se você tiver mais dúvidas ou quiser falar diretamente conosco, clique aqui. Teremos prazer em atendê-lo (a).

2021-12-13T09:19:59-03:00

Deixar Um Comentário