Laserterapia - Clínica Simone Prada
Loading...
Laserterapia2019-02-14T15:15:09-02:00

A terapia de laser ou Laserterapia, tem ação anti-inflamatória, analgésica e de bioestimulação. Ela é usada em diversas áreas, como em periodontia, endodontia, tratamentos reabilitadores, aftas, acompanhamentos pós quimioterapia, radioterapia, entre outros. Essa terapia é feita com um dispositivo composto por substâncias (gás e pedras preciosas) que geram luz quando motivadas por uma fonte de energia.

O laser é uma forma de radiação que, ao contrário de outras usadas terapeuticamente (como os raios X, gama e nêutrons), não é invasivo e é bem tolerado pelos tecidos. A maioria das queixas apresentadas pelos pacientes na Odontologia, está relacionada a dor e inflamação. Em função disso, a energia a laser é uma importante ferramenta do tratamento de forma terapêutica.

Efeitos terapêuticos obtidos pela Laserterapia

Entre os efeitos terapêuticos obtidos estão: ações anti-inflamatórias e analgésicas, e também reparações teciduais. É uma ajuda importante à prática profissional em associação com quase todas as especialidades odontológicas.

Pode ser utilizado com o propósito de estimular a formação de dentina reparadora, reduzir a sensibilidade nos dentes, auxiliar a anestesia, promover maior velocidade de reparação do osso na região periapical, além de proporcionar menor sangramento e edema nos casos de gengivite e periodontite.

Alguns estudos mostram a utilização do laser terapêutico promovendo redução da dor e do tamanho das lesões, além de uma epitelização mais rápida das úlceras, nos casos de estomatite aftosa recorrente, úlceras traumáticas, lesões herpéticas, glossite e herpes zoster.

A aplicação da terapia também favorece a recuperação mais rápida e menos dolorosa da pericoronarite, gengivite, queilite angular, pericementite, síndrome da ardência bucal, alveolite, disfunção temporomandibular (DTM) e mucosite.

Aplicação de Laserterapia

A aplicação da terapia a laser, após cirurgia periodontal, é também de grande interesse por ter sido observado um decréscimo da dor pós-operatória, além de deixar com uma melhor coagulação, aceleração da angiogênese e cicatrização, nos casos onde a laserterapia foi utilizada.

Aparelho de Laser, utilizado nas seções de laserterapia.

A terapia de laser ou Laserterapia, tem ação anti-inflamatória, analgésica e de bioestimulação. Ela é usada em diversas áreas, como em periodontia, endodontia, tratamentos reabilitadores, aftas, acompanhamentos pós quimioterapia, radioterapia, entre outros. A Laserterapia é feita com um dispositivo composto por substâncias (gás e pedras preciosas), que geram luz quando motivadas por uma fonte de energia.

O laser é uma forma de radiação que, ao contrário de outras formas de radiação usadas terapeuticamente (como os raios X, gama e nêutrons), não é invasivo e é bem tolerado pelos tecidos. A maioria das queixas apresentadas pelos pacientes na Odontologia, está relacionada a dor e inflamação. Em função disso, a energia a laser é uma importante ferramenta do tratamento de forma terapêutica.

Efeitos terapêuticos obtidos pela Laserterapia

Os efeitos terapêuticos obtidos são anti-inflamatórios, analgésicos e reparações teciduais. É uma ajuda importante à prática profissional em associação com quase todas as especialidades odontológicas. Pode ser utilizado com o propósito de estimular a formação de dentina reparadora, reduzir a sensibilidade nos dentes, auxiliar a anestesia, promover maior velocidade de reparação do osso na região periapical, além de proporcionar menor sangramento e edema nos casos de gengivite e periodontite.

Alguns estudos mostram a utilização do laser terapêutico promovendo redução da dor e do tamanho das lesões, além de uma epitelização mais rápida das úlceras, nos casos de estomatite aftosa recorrente, úlceras traumáticas, lesões herpéticas, glossite e herpes zoster. A aplicação da terapia também favorece a recuperação mais rápida e menos dolorosa da pericoronarite, gengivite, queilite angular, pericementite, síndrome da ardência bucal, alveolite, disfunção temporomandibular (DTM) e mucosite.

Aplicação de Laserterapia

A aplicação da terapia a laser após cirurgia periodontal é também de grande interesse, por ter sido observado um decréscimo da dor pós-operatória, melhor coagulação, aceleração da angiogênese e cicatrização, nos casos onde a laserterapia foi utilizada.

Aparelho de Laser, utilizado nas seções de laserterapia.

Pronto para sorrir?

Agende sua consulta